Você sofre de reumatismo ou alguma doença parecida?

Posted on

O tratamento deve ser feito com exercícios de baixo impacto, alongamento, melhora da flexibilidade, manutenção do movimento das articulações, treino de força muscular e cardiovascular e caminhadas.

Os benefícios do exercício físico é bastante conhecido de todos, mas existem alguns que se mostraram extremamente importantes para os pacientes reumáticos. Há três tipos principais de exercícios, cada com um papel na melhora da saúde, aptidão e, reduzindo a incapacidade e a dor relacionada à patologia. Não esqueça que é fundamental ir ao médico antes de iniciar qualquer tipo de exercício, somente ele poderá afirmar qual o melhor para o seu caso e, o ritmo indicado. Como escolher o melhor programa de exercício? Após 2 anos eu estava com a minha doença controlada, perguntei ao médico se haveria problemas, e ele me disse que desde que eu não tivesse atividade inflamatória tudo bem! Hoje te daremos várias dicas sobre como obter uma melhora ou a efetiva cura da artrite com exercícios físicos. Uma grande quantidade de pessoas acredita que uma pessoa que sofre de artrite não pode praticar exercícios. Isso é totalmente falso, já que o exercício físico pode aliviar as dores e, ainda mais importante, pode ajudar a prevenir esta condição. É comum também acreditar que ela se agrava com exercícios físicos, bem como que quem sofre do mal não pode comer carne de porco.

ARTRITE REUMATÓIDE: UMA BREVE REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SOBRE A PATOLOGIA E AS SUAS MODALIDADES DE TRATAMENTO COM ÊNFASE NOS AGENTES BIOLÓGICOS COM ATIVIDADE MODIFICADORA DA DOENÇA

  • Reduzem as dores e rigidez na articulação
  • Aumenta a flexibilidade
  • Aumenta a força muscular
  • Auxilia na redução do peso corporal
  • Condicionamento físico
  • Aumenta sensação de bem estar

A atividade física ajuda no condicionamento, mas antes de praticar é ideal consultar o médico para que ele indique os exercícios mais adequados e que não sobrecarreguem as articulações inflamadas.

Mas, antes de começar, é fundamental consultar seu médico para ele orientar sobre a quantidade e os tipos de atividade certas para você. Um bom programa inclui os seguintes tipos de exercícios: Exercícios aeróbicos - são especialmente importantes para quem tem artrite reumatoide, pois já existe uma propensão para desenvolver doenças cardíacas. Exercícios de equilíbrio - a artrite reumatoide pode causar problemas de equilíbrio, o que pode aumentar a quantidade de tropeções e quedas. Foto: Arquivo pessoal Para vencer a condição, a rotina de medicamentos para controlar a dor foi substituída por uma vida mais saudável a partir do exercício físico. No primeiro dia de exercício físico, cinco minutos pedalando na bicicleta trouxeram um alívio significativo das dores. Cada tipo de exercício tem um efeito positivo na redução da dor e na melhora da função. No artigo passado, esclarecemos como o Exercício Físico pode beneficiar fisiologicamente o portador de Artrite Reumatóide. A recomendação médica de que o exercício físico faz parte do tratamento não medicamentoso da artrite reumatoide, nós já sabemos. Na realidade, exercício e atividade física têm conceitos diferentes.

Confira alguns dos tipos mais comuns de artrite e suas principais características! A artrite é uma doença autoimune que precisa de cuidados!

  • Muitas pessoas consideram esses exercícios mais fáceis e agradáveis, pois oferecem uma mudança no ritmo do conceito normal de “exercícios”. Procure por aulas oferecidas em uma academia ou clube local.

A prática de um exercício físico hoje é reforçada pelos médicos e cada vez mais importante na melhora do bem-estar físico e mental e na prevenção de outras doenças.

Uma boa forma de iniciar um exercício físico é se movimentar dentro dos seus limites e sem dor. É por isso que você sendo paciente ou conhecendo alguém que sofre com a doença deve aprender um pouco sobre artrite. Para você ter uma ideia, existem dezenas de tipos diferentes de artrite, as mais comuns são a artrite reumatoide e a osteoartrite, conhecida também como artrose. A artrite pode ser controlada, mas até hoje os pesquisadores e médicos ainda não descobriram como curar totalmente a doença. Converse com seu médico para saber o que você pode fazer nesse caso e qual o exercício mais indicado para você, principalmente se tem outros problemas de saúde. Você pode fazer vários exercícios na piscina, a natação é um exemplo de exercício interessante, ela trabalha o fortalecimento dos muitos músculos, além disso condiciona o sistema cardiovascular. E, em vez de correr ou fazer outro exercício de alto impacto, seria melhor fazer exercícios sem peso, como natação ou ciclismo. Se perceber que sente dor por mais de uma hora depois do treino, você deve diminuir ou escolher outro tipo de exercício. Ao reduzir a inflamação, a astaxantina pode ajudar a prevenir e a tratar uma variedade de problemas causados diretamente por inflamação, inclusive a artrite reumatóide (AR) e a artrose.

Os participantes em uso de sinvastatina melhoraram o condicionamento físico em 1,5%. A atividade mitocondrial diminui em 4,5 %

  • Os esteroides podem ajudar reduzindo a inflamação e o excesso de fluido que se forma no processo que causa o inchaço. Porém, esse é um processo demorado, inconveniente e caro.

Estudos mostram que o exercício maximiza a amplitude de movimento, força muscular, resistência, alinhamento adequado das articulações, função e densidade óssea.

Sport., 67(suppl 3):70,1996 FRONTERA, WALTER R., DAWSON, DAVID M., SLOVIK, DAVID M. Exercício Físico e Reabilitação. “Não é necessário treinar como um triatleta para experimentar os benefícios do exercício físico. Benefícios para o paciente reumático Cada tipo de exercício tem um efeito positivo na redução da dor associada à artrite e às outras doenças reumáticas. Os benefícios incluem uma melhor postura, redução do risco de lesões e melhora da função. Para as pessoas com artrite, este tipo de exercício agrega outros benefícios, tais como controle de peso, melhora do humor, do sono e da saúde em geral. O exercício de levantamento da perna é um bom exemplo: 3 É melhor trabalhar “todos” os músculos ao redor dos joelhos. Pessoas com artrite reumatóide precisam de bom equilíbrio entre descanso e exercício físico, com mais descanso quando a doença está ativa e mais exercício quando não está. Pois é, o médico reumatologista deve sempre orientar quais os tipos recomendados de atividade físicas. “Os exercícios para quem sofre com artrite normalmente não envolvem pesos ou são feitos com carga muito reduzida. “O exercício físico é um coadjuvante no tratamento com remédios. Esse tipo de exercício consiste em forçar os músculos sem provocar um movimento ou mudança de ângulo nas articulações mais afetadas pela artrite reumatoide. “O educador físico é a melhor pessoa para dosar o ritmo dos exercícios e as pausas entre eles para atingir um equilíbrio ideal, chamado de supercompensação. Conclui-se que a prática de atividade física tem um controle sobre a lesão articular e prevenção da perda dos movimentos auxiliando no tratamento da artrite.